Eu sentia profunda falta de alguma coisa que não sabia o que era. Sabia só que doía, doía. Sem remédio!

As vezes calar é o melhor remédio, e me pergunto quando irão aumentar a minha dose, pois não consigo calar, não consigo parar de  pensar… Existem remédios que não servem pra todo mundo, acho que o meu efeito colateral é  o sintoma. Ta dificil de curar esse mal.

Só espero que depois de curado, não se torne contagioso, pois não irei lhe passar a cura até que fique com as mesmas sequelas que fiquei…

 

________Erica Assunção

5 comentários a “Eu sentia profunda falta de alguma coisa que não sabia o que era. Sabia só que doía, doía. Sem remédio!

  1. Pessoas especiais deixam mais que saudades e lembranças, pois elas levam mais do que nosso pensamento… levam uma parte de nosso coração!

  2. Mais que verdade esse post. Eita, cada dia que passa me vicio mais e mais nesse blog. E porque tu não mostra esse rosto? Queremos saber quem é a dona desse blog….

  3. Amiga…algumas palavras me cortam a alma e eu ainda não consigo parar e seguir…porque por mais que eu tente sorrir…tudo em mim insite…e chora…

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: