>>> O amor não tira férias <<<

 

“Comprovei que tudo que já foi escrito sobre o amor é verdade.
Shakespeare disse: “as buscas terminam com o encontro dos apaixonados”.
Que idéia maravilhosa!!
Pessoalmente, eu nunca passei por nada parecido com isso.
MAs estou convencida de que Shakespeare já.
Suponho que penso no amor mais do que deveria; me admira o grande poder do amor em alterar e definir as nossas vidas.
Shakespeare também disse que o amor é cego.
Isso sei que é verdade.
Para alguns, sem explicação, o amor se apaga.
Para outros o amor se vai.. ou brota quando menos se espera, mesmo que seja só por uma noite.
No entanto, existe outro tipo de amor. O mais cruel… aquele que quase mata suas vitimas.
Chama-se “amor não correspondido”. E nesse tipo, sou experiente.
A maioria das histórias de amor falam das pessoas que se amam mutuamente.
Mas, o que acontece com os demais?
E as nossas histórias?
Aqueles que se apaixonam sozinhos?
Somos vitimas de uma relação unilateral.
Somos os amaldiçoados dos amantes, somos os não amados.
Os mortos vivos, os deficientes sem estacionamento reservado…”

do Filme-O amor não tira férias

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: