Despedida

 

...às vezes me pergunto porque, grandes pessoas e grandes momentos ficam presos no passado....será ele tão bom assim???!!!....Alexsandra Oliveira

“Tem momentos na vida que precisamos nos despedir. Seja de alguém, seja de algum lugar ou de coisas que não se encaixam mais na nossa vida.
A morte é contundente, fria, dura e definitiva. Sobre ela não restam esperanças. Ali acaba uma história. É o ponto final, sem reticências, sem cenas dos próximos capítulos, sem reprise. É o fim de tudo aquilo que é palpável e real.
É o fim do convívio, das novas experiências, das possibilidades de se dizer ainda algo ou de se fazer ainda algo.
De repente acaba e você não conseguiu falar a última palavra de alento, não conseguiu dar o último beijo, o último conforto. Deixar para depois um carinho, um olá ou mesmo um adeus é arriscar nunca mais poder dá-los.
Vamos perder a mania tola de camuflar os sentimentos e fingir desinteresse e desafeto, para tentar colher amor. Essa matemática é burra, medíocre, tosca e contra o que existe de mais lindo na vida.
Estar vivo nos permite amar, tocar, dizer e ser. Ser você mesmo e assumir suas fraquezas, medos e amores.
O amor nunca é feio, impróprio ou inadequado. Ele simplesmente acontece. Seja por um amigo, um novo amor, um irmão e um filho.
Amor é para ser vivido, dito e acariciado. E faz da vida uma experiência incrível!”

 

extraído de : manhasemanhas.blogspot.com

 

2 comentários a “Despedida

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: