“Sonhei que você sonhava comigo. Parece simples, mas me deixa inquieto. Cá entre nós, é um tanto atrevido supor que eu tenha atravessado mentalmente, dormindo ou acordado, todo esse espaço que nos separa e penetrado em sua mente para criar alguma situação onde eu passasse a ter alguma espécie de existência. Não, não me atrevo e então fico confuso, porque também não sei se tudo isso não teria sido nem sonho, nem imaginação, mas outra viagem chamada desejo”.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: